Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Um dia

por Ana sem saltos, em 28.02.18

Um dia o mundo vai girar ao contrário.

A maré cheia será um enorme vazar,

e a lua nova um absurdo brilhar.

Encontrarás flor de amendoeira no teu leito,

nas noites mais frias de dezembro,

e mergulharás sem porquês no seu cheiro

porque não vais querer saber a razão,

vais simplesmente entregar

e sei, tenho a certeza que sim,

vais sorrir e vais adorar.

 

Um dia o dia será noite,

e verás que os maiores segredos

revelam-se no escuro,

à revelia do ver.

Será indiferente o como e a cor

que os outros te querem e vêm.

Porque um dia,

prometo-te,

vais acordar e saber,

que a terra não precisa de girar ao contrário,

para te fazer ver, sentir e crer,

que o mundo é um acaso maravilhoso,

e que esse acaso que fez o mundo,

é o mesmo te fez

(e te quer, todo, em absoluto, por inteiro)

a ti.

 

Vais aproveitar?

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Piaf a 28.02.2018 às 16:48

Que poema tão bonito.
Despretensioso, delicado, protetor e cheio de afeto como o conselho do melhor amigo.
Há quem tente e há quem se esforce mesmo, uns conseguem, outros não. Aqui, de uma forma que parece instintiva nasce poesia de uma qualidade que não só me impressiona mas, acima de tudo, emociona! Parabéns e muito obrigado Ana sem Saltos.
Imagem de perfil

De Ana sem saltos a 02.03.2018 às 09:01

Obrigada eu Piaf!
Sem imagem de perfil

De António B. a 13.03.2018 às 15:44

Muito Amor e desejo de quero bem neste texto. Gostei muito do desafio final. Parabéns
Imagem de perfil

De Ana sem saltos a 13.03.2018 às 16:56

:) obrigada António!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D