Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Histórias avulso

Nós

Janeiro 24, 2018

Construo casas com massas de ar. Mas é ar quente, quero-te, sempre, quente.

Também sou capaz de histórias, fazê-las de raiz e esperar que as bebas todas até ao fim. Depois fico à espera que me contes a tua versão das minhas histórias. Gosto de me ouvir na tua voz.

Ergo castelos de areia, grandes e imponentes, cheios de gente valente. Espreito pela janela da torre mais alta, é maravilhoso ver assim o mundo inteiro, no topo da torre do meu castelo de areia. Tenho a certeza, ali plantada feita rainha, que houve um engano na história do mundo. Massa que estoira vida até ao infinito não pode ser redonda.

Há esperança nas coisas, afinal de contas, para além de castelos de sonhos, de torres a lamber o céu, paredes de ar que abrigam magia, páginas em branco carregadas de histórias, acreditas, meu amor, que fizemos vida?

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Ana sem saltos 25.01.2018

    😊
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D