Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Música do coração

por Ana sem saltos, em 15.03.18

Saio de casa particularmente leve naquele dia.

Há no ar uma espécie de esperança, não sei bem explicar como é esta sensação de leveza etérea.

Devagarinho vou tomando rédea à minha vida e aos desencontros que dela emergem. Desencontros de corpos, de almas, de paladares, de cores, de cheiros. Caramba, que às vezes tudo é um soberbo desencontro.

Decido então dar velocidade ao passo, sinto-me tão leve que temo, por instantes, que uma brisa de cheiro quente me leve pelos ares.

E sorrio,

Tão bom este franco prazer que sinto em sorrir sozinha,

imaginando-me pétala de flor de jasmim, deixando o meu rasto no ar.

Eis mais um desencontro, este francamente repetitivo, entre a realidade que deveria ser

e sou, eu sei que sou

e o conto de fadas com que por vezes me visto, cheio de brilho, bondade azul e passarinhos que nos vêm comer à mão.

Acelerando o passo saio do desencontro e encontro-me então num ritmo mais forte e acelerado do coração.

Felicidade suprema que me invade quando isto acontece. Um encontro, no meio de tantos desencontros, entre o meu coração carne, e o meu coração emoção. Aproveito esta degustação minha,

só minha,

de encontro comigo mesma, e deixo correr o tempo, os cheiros, o caminho que fica para trás.

Fico só assim, eu feita flor de jasmim, a ouvir a música do meu coração.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor




Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D