Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Histórias avulso

Espremer o Sol

Janeiro 23, 2018

Descobri, nas viagens que faço quando escrevo, acerca da coragem que temos de ter para saber olhar para cima, erguer o tronco e depois as pernas, e, esticando o corpo numa linha perfeitamente reta, espremer o Sol com as mãos. Se o conseguirmos fazer, Ele desfaz-se em batismo de luz.

O Sol espreme-se, claro está, disse-me o meu filho num dia em que me contou que pensa melhor quando está triste.

Sabe mãe? Quando estou feliz não consigo pensar, fico cheio de energia e depois não me consigo concentrar. Penso melhor quando estou triste.

Sábio, o meu coração mais velho.

Sem saber resumiu-me décadas de existência em dois vértices que rarissimamente se cruzam nesta reta curva e absurda que é viver - o pensar e o sentir.

Aliás, bem vistas as coisas, sempre que me obrigo a pensar o sentir, ou pior, a tentar sentir o pensar, caio numa desinspiração vazia e triste. Odeio apenas existir.

Talvez seja por isso que escrevo histórias.

É por isso, sim. É por isso que escrevo histórias avulso.

 

IMG_6710.jpg

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Ana sem saltos 23.01.2018

    Fico contente por isso! Obrigada!
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D