Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Chapim

por Ana sem saltos, em 23.02.18

Queria voar num dorso de um chapim,

saber a cor de cada pedaço de ti.

Correr-te tudo com vagar.

Lágrimas, curvas, sorrisos e anseios

Saber-te de cor no mais fundo de mim.

 

E eu sei que sei, claro que sim

Se todos os segundos que somas em ti,

São depois as horas que se desdobram em mim.

Mas perco a esperança, por vezes,

Vendo o mundo feito em nevoeiro de lágrima.

 

Se te disser baixinho ao ouvido,

Aquilo que és dentro de mim,

Se te murmurar em noite eterna

que gosto de ti a sério,

que te amo por amor,

vais olhar-me no fundo dos olhos,

vais acreditar em mim?

 

Mergulha, amor.

Afoga-te em mim

Vamos voar os dois

No dorso de um chapim.

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De António B. a 23.02.2018 às 17:56

Que poema tão bonito Ana. Parabéns!
Imagem de perfil

De Ana sem saltos a 23.02.2018 às 21:24

Obrigada António!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D