Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Bate coração

por Ana sem saltos, em 19.06.18

Bate, bate coração,

Vem devagarinho, anda,

vem e faz-me tua canção.

 

Despe-te de tudo e canta-me,

Faz de mim grito agudo,  

Sonata bonita de antiga paixão.

Quero ser sempre melodia

Cantada, pintada, chorada, sonhada,

borrões de alma

no sonho,

no céu.

 

Mas bate,

Bate-me coração,

Acorda-me do mundo,

Liberta-me de mim.

 

Se deixas de me cantar,

Eu deixo de acreditar.

E eu fico tão só, coração,

quando não consigo sonhar.

Autoria e outros dados (tags, etc)


6 comentários

Sem imagem de perfil

De Piaff a 19.06.2018 às 18:13

Lindo demais. Com o maior descaramento adaptando o nosso maior Deus quer, a Ana sonha, a obra nasce. Poema fantástico!
Imagem de perfil

De Ana sem saltos a 20.06.2018 às 08:49

Muito Obrigada! (tremendo elogio :))
Sem imagem de perfil

De Piaf a 22.06.2018 às 11:36

Tremendo mas pouco ainda assim!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 22.06.2018 às 08:09

Lindo! Essa veia a pulsar com esse coração a bombar, não há palavras a acrescentar!!! Bjn grd

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor




Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D