Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Histórias avulso

Alma de lava

Janeiro 14, 2019

Sai de manhã bem cedo. Janeiro entranhado no mundo inteiro, o janeiro dali, da sua aldeia,  dias de céu limpo e frio feroz, geada virgem cobrindo os campos. Indiferentes ao gelo que se põe como manta no chão, os pássaros madrugam e pintam o ar com notas de música.

Puxa as golas do casaco para cima, procura afastar o frio do corpo caminhando depressa. O ar entra em flocos peito a dentro, as mãos encolhidas nos bolsos geram uma sombra de calor no abraçar dos dedos.

Mas por dentro tudo ferve numa ebolição imortal, de vida, de dor, de som e amor.

Pode gelar o universo inteiro.

Não há janeiro que valha à sua alma de lava.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D