Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Vida e morte, de joelhos na praia

por Ana sem saltos, em 23.02.17

Olha-se ao espelho.

Primeiro responde-lhe a vaidade. De seguida, em forma de estalo, o vazio.

 

Pousa a carta na mesa-de-cabeceira:

 “Não me sei ser. Perdoa-me...”

 

Abre a porta de casa e sai,

morta alma, morre-me agora, corpo que anda.

 

(...)

Caminha direito, sorrindo do fundo de si. Exames médicos na mão, a esperança prescrita nos resultados, devolvendo-lhe em gargalhada embriagada o agradecimento profundo à vida.

O ar está limpo, brilhante no sol que desponta no céu,

vivo o corpo, ressuscita-me  agora, alegria... Obrigado.

 

(...)

Desce para a praia. Sente a areia nos pés. Sente a vida daquela manhã, numa antítese forte e profunda à paz podre que carrega por dentro.

Fecha os olhos e avança para o mar.

 

(...)

Desce para a praia. Sente a areia nos pés. Bebe sôfrego a vida espalhada na luz, no calor, no som bruto do mar.

Caminha, de olhos fechados.

 

Rebenta uma onda mais forte, chocam de frente.

- Desculpe, magoei-a?

Mulher mais linda que vi na vida...

 

- Não. Com licença.

Tenho uma missão, sai-me da frente.

 

Prossegue, indiferente à luz que sente do sol,

à vida que escorre do homem.

 

- Deus devia estar inspiradíssimo quando fez a primavera.

Ela para e olha para trás.

Ele sorri-lhe, sinceramente feliz.

De repente, sem aviso prévio, sem defesa, sem pudor, foge-lhe da boca um soluço que a atira ao chão. Chora em vómito a apatia morta que a ensopa por dentro.

Ele ajoelha-se à frente dela.

- Sente-se bem?

O mar estoira atrás,

a vida e a morte de joelhos numa praia.

 

- Não sei como morrer...

Ele levanta-lhe o rosto, limpa-lhe a cara com a palma da mão.

- Se me deixar abraçá-la, ensino-a antes a viver.

 

Entrega-se, então,

exposta, nua, indefesa,  

ao choro de uma vida no ombro de um estranho feliz.

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Manuela Villa de Brito a 28.02.2017 às 16:36

Muito Bom! Grande sensibilidade.
Imagem de perfil

De Ana sem saltos a 01.03.2017 às 11:09

Muito obrigada! :)

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D